Aperte enter para pesquisar

Mais Saúde

Unicentro recebe professoras da Faculdade de Medicina da UNC de Concepción

Assessoria

-

20 de novembro de 2023

A Unicentro recebeu, na última semana, duas professoras da Faculdade de Medicina da Universidad Nacional de Concepción, a UNC, que fica no norte do Paraguai. Durante cinco dias, Manuelita Iglesias e Landdy González conheceram a estrutura dos cursos da universidade, em especial os da área de Saúde, tanto nos câmpus de Guarapuava quanto no de Irati, assim como apresentaram o trabalho desenvolvido pela universidade paraguaia. As docentes também tiveram a oportunidade de ir aos hospitais em que os alunos de Medicina da Unicentro desenvolvem as suas atividades.

 

A visita é fruto do acordo de cooperação firmado recentemente entre as duas universidades  para o intercâmbio entre docentes e discentes das instituições, assim como para a implementação de parcerias em ensino, pesquisa, extensão e gestão universitária. “Por meio desse acordo, é possível a criação de grupos de trabalho, a elaboração e o desenvolvimento de projetos conjuntos e de programas de cooperação a curto, médio e longo prazo. Também nesse convênio, nós prevemos a organização conjunta de eventos acadêmicos, de outros tipos de cursos, de diferentes níveis e categorias, e também o fomento à mobilidade de professores, estudantes e pesquisadores em cursos e disciplinas compartilhadas”, explica a coordenadora de Relações Internacionais da Unicentro, professora Cibele Krause Lemke.

 

Diretora de Extensão Universitária da Faculdade de Medicina da UNC, a professora Landdy González relata que o primeiro objetivo da vinda delas foi efetivar o intercâmbio acadêmico entre os cursos de Medicina. “A ideia é conseguir a mobilidade estudantil para que tanto os alunos da Universidad Nacional de Concepción quanto os da Unicentro possam ter uma experiência significativa na sua formação. Nós vimos que os estudantes daqui estão muito abertos à questão do intercâmbio, que eles têm muito interesse. E também notamos que existem certas semelhanças em relação às demandas que os alunos têm na sua formação em geral”, pontua a docente.

Em Irati, as docentes foram recebidas no Escritório de Relações Internacionais e visitaram a Clínica-Escola de Psicologia e de Fonoaudiologia. Em conversa com as professoras dos dois cursos, elas trataram sobre as semelhanças e as diferenças nos processos desenvolvidos nas duas instituições, e buscaram entender melhor as técnicas e os protocolos empregados no espaço que serve para formação acadêmica e atendimento à comunidade.

 

 

A partir das agendas nas duas cidades, a Diretora Acadêmica da Faculdade de Medicina, professora Manuelita Iglesias, destaca que a visita permitiu vislumbrar muitas possibilidades de atuação por meio da parceria internacional. “Nos mostraram tudo que eles têm, como que a gente pode trabalhar tanto na área de extensão como na área de pesquisa de forma conjunta. Então não é só mobilidade entre os alunos e os professores, que é o que a gente está fazendo agora, tem muito mais coisas para fazer, porque toda a troca de experiência é muito importante. Um ponto que você tem que ter em conta em relação a Unicentro e a nossa universidade é que as duas são relativamente novas e que os problemas são muito similares. Então, eu acho que vai dar para fazer vários projetos juntos”, ressalta Manuelita.

 

Informações e imagens: Assessoria Unicentro

Compartilhe essa matéria!

Receba as notícias do Portal Clique no celular!

Comentários

Notícias Relacionadas

SAÚDE

Estado distribui vacinas da dengue às Regionais de Saúde e promove instrução de aplicação

Nesta etapa inicial, conforme definido pelo Ministério da Saúde, 30 municípios receberão os imunizantes: 21 da 17ª Regional de Saúde de...

PARANÁ

Com aumento de 1.381% no número de casos, audiência debate cenário “apavorante” da dengue no Paraná

Um aumento de 315% no Brasil, 1.381% no Paraná e uma projeção de 4,2 milhões de casos no país até o fim de ano. A epidemia da dengue alcança...

PARANÁ

Paraná registra 8,4 mil novos casos de dengue e mais um óbito

O Estado soma agora 45.930 casos confirmados, 130.107 notificações e 16 mortes. O novo óbito é de uma mulher de 64 anos, com comorbidades,...