Aperte enter para pesquisar

Segurança

Polícia Civil cumpre mandados na Prefeitura de Imbituva

A Operação "Lote de Ouro" investiga fraude que pode ter causado cerca de R$ 500 mil de prejuízo aos cofres públicos

Vinicius Batista

-

04 de novembro de 2019

Estão sendo cumpridos sete mandados de prisão e de busca e apreensão no município. Foto: Divulgação PC

A Polícia Civil de Imbituva desencadeou na manhã desta segunda-feira (04), a operação Lote de Ouro, que foi realizada conjuntamente com a Divisão de Combate a Corrupção de Curitiba (DCCO).

 

Com apoio de policiais civis da 13° Subdivisão de Ponta Grossa, estão sendo cumpridos sete mandados na cidade de Imbituva, sendo três de prisão temporária e quatro de busca e apreensão, inclusive nas dependências da Prefeitura Municipal.

 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luís Gustavo Timossi, as investigações iniciaram após a notícia de que estaria ocorrendo uma fraude no procedimento de desapropriação de um imóvel para construção de um centro de reabilitação na cidade.

 

O prejuízo total aos cofres públicos é estimado em até R$ 500 mil. As investigações se iniciaram há aproximadamente dois meses, tendo surgido veementes indícios da prática dos crimes de falsidade ideológica, falsa perícia, associação criminosa, dentre outros.

 

Em breve mais informações

Informações e Imagens PC Imbituva

Compartilhe essa matéria!

Receba as notícias do Portal Clique no celular!

Comentários

Notícias Relacionadas

FISCALIZAÇÃO

PRF apreende quase R$ 3,5 milhões em cigarros em Prudentópolis

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, no início da tarde deste sábado (9), dois caminhões carregados com cigarros contrabandeados do...

BR-277

Capotamento deixa duas pessoas feridas em Fernandes Pinheiro

Na manhã desta quinta-feira (7), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu um capotamento de veículo no km 230 da BR-277, em Fernandes Pinheiro....

IVAÍ

Para ganhar R$ 1,5 mil homem participou de tortura e morte de psicóloga

A Polícia Civil prendeu na terça-feira (5) um homem que confessou participação no feminicídio da psicóloga da Prefeitura de Ivaí, Michele...