Aperte enter para pesquisar

Regional

Pedágio fica mais caro na região a partir desta quarta-feira (14)

Redução de 30% chega ao fim e valores para carros sobem até R$ 3,80, como é o caso da  praça de Witmarsum

Da Redação

-

14 de outubro de 2020

Em valores absolutos, maiores altas ficam com caminhões com 9 eixos Foto: Reprodução/Arquivo JM

A partir desta quarta-feira, dia 14 de outubro, motoristas que passam pelas estradas da região dos Campos Gerais e em São Luiz do Purunã, pagarão mais caro pelo pedágio. Nesta terça, dia 13, chega ao fim a redução de 30% nas tarifas cobradas pela CCR RodoNorte nas suas sete praças, localizadas nas rodovias BR-376 e PR-151. Com isso, os condutores pagarão entre 40% e 43,5% a mais para fazerem suas viagens.

 

Em valores, para condutores de automóveis, o maior aumento ocorre na praça de Witmarsum, em Palmeira. O valor cobrado nos últimos meses, de R$ 9,00, passa a ser de R$ 12,80, o que representa alta de R$ 3,80 (42,2% de incremento). Na PR-151, em Jaguariaíva, há uma elevação de R$ 5,70 para R$ 8,10, enquanto que em Carambeí, a elevação é de R$ 7,40 para R$ 10,60. Nas praças de Tibagi, Imbaú e Ortigueira, na BR-376, que possuem o mesmo valor, a partir desta quarta a tarifa passa a ser de R$ 11,90 – contra os R$ 8,30 pagos até esta terça-feira. Na praça de São Luiz do Purunã, que também pega o transito da BR-277, os valores para automóveis passaram de R$ 6,20 para R$ 8,90.

 

Para ônibus de viagem, com três eixos, no pedágio de Witmarsum, o valor de R$ 27 que era pago, passa a ser de R$ 38,40, ou seja, uma alta de R$ 11,40. Contudo, em valores, o maior incremento acaba sendo para caminhões extrapesados, com nove eixos, que pagavam R$ 63 nesta praça da BR-376, em Palmeira, e agora passarão a pagar R$ 90 – ou seja, R$ 27 a mais.

 

Assim, para fazer uma viagem, por exemplo, entre Mauá da Serra e Campo Largo, condutores de automóveis que até esta terça-feira pagavam R$ 40,10, passarão a pagar R$ 57,40, ou seja, uma elevação de R$ 17,30. Assim, somando a ida e a volta, essa viagem passa a custar R$ 114,80, ou seja, R$ 34,60. Aos motoristas profissionais, porém, o peso no bolso será ainda maior: essa mesma viagem, apenas de ida, entre Mauá da Serra e Campo Largo, passa a custar R$ 428,40, ou seja, R$ 127,80 a mais que os R$ 300,60 pagos desde 10 de dezembro de 2019.

 

Informações: Portal ARede

 

Compartilhe essa matéria!

Receba as notícias do Portal Clique no celular!

Comentários

Notícias Relacionadas

OPORTUNIDADE

Unicesumar lança novos cursos para atender um novo mercado

A necessidade de isolamento social, devido à pandemia do novo coronavírus, acelerou uma tendência educacional que já estava em crescimento no...

PONTA GROSSA

Inscrições para o Vestibular da UEPG encerram nesta quinta (29)

Termina nesta quinta-feira (29) o período de inscrições para o vestibular da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), pelo...

REGIÃO

Pauliki sofre tentativa de atentado em Ponta Grossa

Marcio Pauliki, empresário, candidato a prefeito de Ponta Grossa, sofreu uma tentativa de atentado, na manhã desta segunda-feira (26). O fato...