Aperte enter para pesquisar

Segurança

Delegado-geral de SP diz que PM do Paraná se confundiu e que Paulo Cupertino não foi preso

Mais cedo, chefe da polícia paulista havia afirmado que o assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele tinha sido detido no norte paranaense.

Da Redação

-

28 de outubro de 2020

O delegado-geral de Polícia de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, disse que a Polícia Militar do Paraná irá anunciar que se confundiu e que Paulo Cupertino, assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele, não foi preso no norte paranaense. O próprio Fontes havia divulgado mais cedo que o assassino havia sido preso.

 

Na segunda-feira (26), a Polícia Civil descobriu que Cupertino fez uma identidade com uma certidão de nascimento falsa em Jataizinho, no norte do Paraná.

Ele estava usando nome falso de “Manoel Machado da Silva” como um disfarce para se esconder. No dia que fez o pedido de nova identidade, o acusado usou um endereço de Ibiporã, cidade que fica a 8 quilômetros de distância de Jataizinho.

Além do nome falso, a certidão também constava nomes diferentes dos pais dele e teria como origem a comarca de Rio Brilhante, que fica em Mato Grosso do Sul. Os dois documentos foram cancelados.

 

Informações: G1

Compartilhe essa matéria!

Receba as notícias do Portal Clique no celular!

Comentários

Notícias Relacionadas

TRÂNSITO

Jovem de 20 anos morre em grave acidente em rodovia da região

Um grave acidente resultou na morte de um jovem e em outro ferido na noite de domingo (22), na BR-373, em Guamiranga. Os jovens ocupavam um Fiat Uno,...

AMEAÇA

Ladrões roubam e amarram vítima em Imbituva

Na manhã de quinta-feira (19), em uma localidade do interior de Imbituva, dois ladrões de posse de um canivete adentraram em uma residência e...

VIOLÊNCIA

Em Rebouças, mulher é agredida com fio de luz após apagar rede social

Uma situação de violência doméstica por um motivo fútil foi registrada em Rebouças na madrugada desta quarta-feira (18). Uma mulher foi...