Aperte enter para pesquisar

Paraná

83 municípios vão receber recursos do Estado para ações voltadas às mulheres

Assessoria

-

03 de novembro de 2023

O Governo do Estado disponibilizou um pacote no valor de R$ 6 milhões para promover ações voltadas às mulheres, e a resposta dos municípios foi expressiva.

 

 

Inicialmente, 154 municípios manifestaram interesse em obter o financiamento, mas um requisito essencial era a existência de um Conselho da Mulher e de um Fundo Municipal da Mulher. Após análise documental, 83 municípios foram habilitados para receber o recurso, demonstrando um compromisso sólido com a promoção da igualdade de gênero e o fortalecimento dos direitos das mulheres em suas comunidades.

 

Uma das constatações mais significativas foi a ampla mobilização dos municípios ao longo do ano para instituir políticas voltadas às mulheres em nível local. Entre os municípios habilitados, 23 deles criaram seus fundos após o mês de agosto, o que mostra um empenho contínuo em promover a igualdade de gênero.

 

 

O valor total previsto para o repasse, do Fundo Estadual da Mulher, é de R$ 5.755.000,00, e os valores variam de R$ 45 mil a R$ 210 mil por município, levando em consideração o porte populacional e a infraestrutura já existente para atender às necessidades das mulheres. Municípios que já haviam estabelecido serviços de acolhimento para mulheres em situação de violência, centros de referência para atendimento a essas mulheres ou órgãos de política para mulheres na gestão executiva municipal receberam uma cota maior de incentivo.

 

De acordo com a secretária estadual da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte, o Paraná demonstra um compromisso notável com a promoção da igualdade de gênero. “Agradecemos aos municípios que aderiram ao programa. O trabalho de empoderamento das mulheres em nosso estado está ganhando força graças a esses municípios. Vamos incentivar mais municípios a se unirem na próxima oportunidade. Juntos, estamos fazendo a diferença”, disse Leandre.

 

Os recursos podem ser usados para estruturação do Sistema de Governança da Política da Mulher, incluindo o fortalecimento dos Conselhos Municipais, e implementação e/ou aprimoramento de Centros de Referências de Atendimento à Mulher em situação de violência ou similares ou serviços de acolhimento para mulheres em situação de violência e seus filhos.

 

Leandre lembra que essa iniciativa é uma consequência da mobilização da Caravana Paraná Unido pelas Mulheres, realizada neste ano, e representa um passo importante na promoção da igualdade entre homens e mulheres.

 

NÚMEROS – Atualmente, o Paraná conta com 191 municípios com Conselho da Mulher e 116 desses têm o Conselho e o Fundo. 41 têm uma Organização da Política da Mulher (OPM) instituída, 18 possuem Centros de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) ou similares, e 17 oferecem serviços de acolhimento. Essa infraestrutura já existente contribui para o sucesso das iniciativas voltadas para as mulheres.

 

Foto: SEMIPI

Compartilhe essa matéria!

Receba as notícias do Portal Clique no celular!

Comentários

Notícias Relacionadas

PARANÁ

Assembleia Legislativa promove exposição do artista Pedro Mikuska

A Assembleia Legislativa do Paraná promove desde quarta-feira (28/02), a exposição “A História que o Pedro Conta”, do artista e empresário...

Comitê da dengue do Paraná convoca população para participar do Dia D neste sábado

A Secretaria de Estado da Saúde promoveu nesta quarta-feira (28), em Curitiba, a terceira reunião do Comitê Gestor Intersetorial para o Controle...

PEDÁGIO

Concessionárias iniciam operação nas rodovias dos lotes 1 e 2 do Paraná

Usuários têm à disposição serviços operacionais e de emergência em mais de mil quilômetros de estradas, com atendimentos de guinchos,...